Ir para o conteúdo

Dica Localiza

Paraíso natural e gastronômico: conheça a bela Serra da Canastra, MG

Por: Equipe Vai por Mim

| 07 de Novembro

Descubra agora belos cartões-postais do estado de Minas Gerais em um dos parques nacionais mais importantes do Brasil.

“Ó, Minas Gerais. Quem te conhece não esquece jamais.” Estamos falando das primeiras linhas do hino mineiro, mas são palavras facilmente repetidas por quem permite apaixonar-se por essas terras encantadoras. 

A Serra da Canastra é mais um destino incrível do estado, sinônimo de aventura, muito contato com a natureza e culinária para ninguém colocar defeito. Apresentamos agora outro cantinho de Minas Gerais para você desvendar e guardar muitas recordações. Vem com a gente!

Continua depois da Publicidade

Onde fica e como chegar na Serra da Canastra

O Parque Nacional da Serra da Canastra fica a cerca de 335 km da capital mineira, Belo Horizonte, no sudoeste do estado. Algumas das cidades no entorno do parque e que são bases para estadia são:

  • São Roque de Minas;
  • Sacramento;
  • Vargem Bonita;
  • Delfinópolis.

Em qualquer uma delas você pode se programar para ter dias recheados de atividades pela Serra da Canastra, saindo de BH e seguindo de carro pela MG 050 ou pela BR 262. A região também é próxima da divisa com São Paulo, o que facilita a chegada dos moradores do estado vizinho ao parque.

Vista da traseira de um carro branco seguindo pela estrada de terra da Serra da Canastra em dia ensolarado.
As estradas de terra que levam à Serra da Canastra já são uma aventura off-road para iniciar a viagem.

Perfeito para você

Receba dicas de roteiros de viagem e tudo sobre o universo dos automóveis no seu e-mail.

Esse site é protegido por reCAPTCHA. As Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.
Oba! Valeu por ser inscrever. Logo mais você receberá nossas novidades no seu e-mail.

O que fazer na Serra da Canastra?

Muito verde, águas cristalinas e culinária que enche a boca d’água. Se você ama essa combinação, vamos te preparar: você vai se apaixonar pela Serra da Canastra. 

Se escolher se hospedar em São Roque de Minas ou Vargem Bonita, cidades próximas e mais procuradas, terá acesso a três das quatro portarias do Parque Nacional para começar a desbravar as belezas naturais guardadas nesse santuário da natureza nacional.

Ambas, inclusive, facilitam sua visita a dois dos principais pontos turísticos da Serra da Canastra, MG: a Nascente Histórica do Rio São Francisco e a Cachoeira da Casca D’Anta, a primeira queda do Velho Chico. Confira agora quais são as atrações que você precisa colocar em sua lista. Vai por mim: você vai se surpreender!

Visite o Parque Nacional da Serra da Canastra e outros atrativos da região

O Parque Nacional da Serra da Canastra foi criado em 1972, com o intuito de preservar suas nascentes. São cerca de 71 mil hectares desenhados sobre paredões, montanhas, vales e campos, típicos do Cerrado brasileiro, transformando a fauna e a flora da região em uma das mais ricas e diversas do estado. 

Vista panorâmica do Parque Nacional da Serra da Canastra em MG. Montanhas cobertas por vegetações nativas margeiam um rio sob céu claro.
Vista esplêndida do Parque Nacional da Serra da Canastra, MG.

Além do verde que predomina, existem mais de 200 cachoeiras catalogadas por ali, junto com nascentes e riachos. Nem todos são de fácil acesso ou podem ser visitados, o que é compensado pelos demais, onde é possível chegar e aproveitar o belo espetáculo da natureza que são!

Conheça alguns dos atrativos imperdíveis e acessíveis da região da Serra da Canastra, MG:

  • Nascente do Rio São Francisco: já dizia a canção: “Deus, mande chuva lá pra Serra da Canastra. Chuvas fortes, chuvas vastas, pro Velho Chico emergir.”

Tão bonita quanto a melodia de Flávio José, a Nascente Histórica do Rio São Francisco, apelidado carinhosamente de Velho Chico, surge na parte alta do parque, de onde corre alegre do alto do chapadão, vazando pela Serra e atravessando o Nordeste do Brasil, de encontro ao imenso e majestoso Oceano Atlântico.

Cerca de 5 km de distância da portaria 1 do parque, a nascente é um pequeno poço de águas límpidas com fundo em tons dourados, onde os visitantes molham as mãos, o rosto, bebem da sua água e se alegram com a dança dos lambaris que vivem ali. Para guardá-la e abençoá-la, a estátua de São Francisco de Assis fica bem ali, ao lado.

  • Cachoeira da Casca D’Anta: a mais famosa, considerada o cartão-postal do parque. São cinco quedas originadas das águas do Velho Chico, 30 km distantes da nascente, tendo a maior delas cerca de 186 metros de altura. 

Você pode escolher por onde começar sua visita: pela parte baixa da Casca D’anta, de onde será possível ver toda sua imponência – que é completamente de tirar o fôlego –, garantir aquela foto e tomar um banho em seu poço gelado, ou pela parte alta da cachoeira, precisando de veículo para chegar até lá. É uma das mais belas quedas de Minas Gerais!

Vista panorâmica da cachoeira Casca D’Anta, em Serra da Canastra, MG. Quedas d'água saem pela cabeça da cachoeira atravessando a formação rochosa e chegam ao solo.
Cachoeira da Casca D’Anta: o cartão-postal do Parque Nacional da Serra da Canastra.

Dica Vai por Mim: não é totalmente necessário ir com carros 4x2 ou 4x4, porém, lembre-se que estamos falando de estrada de terra e pedras, e dependendo de suas condições, carros comuns não são as melhores opções! Por isso, pense na possibilidade de escolher  “carros aventureiros”.

  • Complexo de cachoeiras Capão Forro: um conjunto de cachoeiras e piscinas naturais que fica fora dos limites do parque. O acesso é pela mesma estrada que leva até a portaria 1, e fica a 5 km de São Roque de Minas.

São quatro cachoeiras: da Mata, do Lobo, Capão do Forro e do Pilão. Comece pela Cachoeira da Mata, que tem trilha fácil e garanta o sol da manhã, já que na parte da tarde ele não ilumina mais o poço. É uma das cachoeiras mais buscadas da Serra da Canastra.

Para famílias com crianças, a boa pedida é a Cachoeira do Lobo, de poço mais raso e estreito. É tão bonita quanto a vizinha, da Mata. Ao lado dela, atravessando algumas pedras, você vai encontrar a Cachoeira Capão Forro, de mesmo nome que o complexo. Sua piscina natural é convidativa para um banho refrescante e calmo.

Por último, a Cachoeira do Pilão, de acesso por uma pequena trilha do lado esquerdo do rio. Sua queda é alta e o cenário é digno das mais lindas fotos para as redes sociais. Vai por mim!

Continua depois da Publicidade

Conheça ainda, dentro e fora do parque:

  • Curral de Pedras;
  • Cachoeira do Rasga Canga;
  • Cachoeira do Fundão;
  • Cachoeira do Nego;
  • Cachoeira da Chinela.

Prove os famosos queijos premiados da Canastra

A cena é essa mesma: aquele cafezinho de fim de tarde, fumegante na xícara. Para acompanhar, um pedacin de queijo. Você conhece alguma coisa mais mineirinha que isso? E se te contarmos que, na Canastra, o queijinho que vai acompanhar o seu café foi reconhecido como o melhor queijo do mundo e considerado Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo IPHAN? 

As fazendas queijeiras da Serra da Canastra vão te surpreender! É possível acompanhar todo o processo artesanal dos produtores e ainda provar essa delícia durante o passeio. Uma verdadeira imersão na cultura mineira!

Mesa posta com peças de queijo artesanais para degustação.
Os queijos artesanais da Serra da Canastra são patrimônios culturais não somente dos mineiros, mas de todo o Brasil.

Aproveite a oportunidade e garanta seu queijo Canastra, amarelinho por fora e muito macio por dentro, para levar na volta para a casa. É uma recordação daquelas que deixa a gente  com gostinho de quero mais!

Portarias do Parque

Para se orientar, saiba onde ficam as quatro portarias que te dão acesso ao Parque Nacional da Serra da Canastra, MG:

  • Portarias 1 e 2: Ambas na cidade de São Roque de Minas, porém, a segunda, especificamente no Arraial de São João Batista da Canastra;
  • Portaria 3: em Sacramento;
  • Portaria 4: emVargem Bonita, no distrito de São José do Barreiro.

De belezas indescritíveis Minas Gerais entende!

Em busca de outros destinos inesquecíveis pelo estado mineiro? Espia só:

+ Turmalina - MG: onde o barro vira arte sustentável

+ Brumadinho é toda sua! Conheça um dos tesouros de Minas Gerais

Agora que você já sabe tudo sobre a Serra da Canastra, MG, é hora de colocar o pé na estrada e viver mais uma aventura.

Nos vemos no próximo destino!

Dica Localiza

Aproveite dicas de destinos e roteiros da marca que é especialista em viagem pelo Brasil. 

Comentários

Esse site é protegido por reCAPTCHA. As Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.
Seu comentário será verificado
e poderá ser publicado em breve.

Oportunidades imperdíveis

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao navegar você concorda com nossa política de privacidade. Saiba mais.