Ir para o conteúdo

Guia Futurístico

Um paraíso para os amantes do ecoturismo: conheça a Chapada Diamantina, na Bahia

Por: Equipe Vai por Mim + Num Pulo

| 10 de Janeiro

Você já sabe que de tesouros naturais exuberantes o Brasil entende, não é?! De Norte a Sul, o que não faltam são lugares incríveis e de total contato com a natureza para aqueles que amam se desconectar de toda a agitação e correria do dia a dia. 

Para te ajudar na busca de destinos assim, convidamos o casal Daniel e Paula, do canal Num Pulo, para explorar a Bahia e nos contar o que ela nos guarda de especial quando o assunto é ecoturismo.

Confira agora a aventura dos dois pela belíssima Chapada Diamantina

O Parque Nacional da Chapada Diamantina é um dos maiores e mais bonitos parques naturais do Brasil! A unidade de conservação possui cerca de 152 mil hectares, onde os visitantes encontram centenas de quedas d’água, sítios arqueológicos e fauna e flora riquíssimas, já que ali encontramos espécies de plantas e animais do Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica e Campos rupestres.

Continua depois da Publicidade

A reserva nasceu em 1985, com o intuito de preservar sua biodiversidade e, principalmente, suas nascentes, já que rios importantes do estado da Bahia nascem ali, o principal deles sendo o Rio Paraguaçu. O parque é administrado pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente.

Onde fica o Parque Nacional da Chapada Diamantina?

Este paraíso protegido por grandes cânions e seus paredões fica no centro do estado da Bahia. A unidade de conservação ambiental é rodeada por 6 dos 24 municípios que compõem toda a chapada, mas sua porta de entrada principal é a cidade de Lençóis, distante cerca de cinco horas da capital, Salvador.

Você também pode partir de outros municípios baianos para visitar e conhecer os atrativos do parque. Mucugê, Vale do Capão e Andaraí são algumas das opções.

Vista aérea de um povoado com várias casas e seus telhados e diversas árvores pelas ruas, além de uma montanha cercando a região.
Cidade de Igatu, localizada no município de Andaraí, é um dos atrativos da Chapada Diamantina, BA.

Perfeito para você

Receba dicas de roteiros de viagem e tudo sobre o universo dos automóveis no seu e-mail.

Esse site é protegido por reCAPTCHA. As Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.
Oba! Valeu por ser inscrever. Logo mais você receberá nossas novidades no seu e-mail.

Como chegar até lá?

Você, assim como Daniel e Paula, adora curtir a estrada, fazendo dela parte da experiência? Se sim, saindo de Salvador, siga pelas vias BR-324 e BR-242 por cerca de 427 km até Lençóis. De lá, já hospedado, é só seguir com os guias locais para as atrações escolhidas, sejam elas dentro ou fora do parque. O trajeto pode ser feito de carro ou de ônibus.

Agora, se você prefere chegar pelo ar, saiba que é possível. Dois voos semanais partem da capital com destino a Lençóis. O aeroporto fica localizado em Tanquinho, a 25 km da cidade.

Afinal, o que fazer na Chapada Diamantina, Bahia?

São tantas as opções do que fazer na Chapada Diamantina que nós e o casal Num Pulo já deixamos aqui uma dica: programe-se com antecedência! Antes de colocar o pé na estrada em busca dos seus dias de aventura pelo coração da Bahia, planeje a quantidade de dias ideias para conhecer tudo o que deseja.

Fique de olho na distância entre sua estadia e os passeios, deixando tudo pronto para apenas curtir sem muitas surpresas indesejadas!

Para te ajudar na missão de não deixar nada de fora da sua viagem pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina e região, Daniel e Paula nos contaram quais foram os atrativos que ganharam seus corações e fizeram desta viagem inesquecível.

Vem com a gente!

Um homem e uma mulher contemplam a bela paisagem de vários cânions cobertos por vegetação preservada sob um céu azul em dia ensolarado.
Daniel e Paula, do canal @NumPulo, no Morro do Pai Inácio, em Chapada Diamantina.

Conheça o Poço Azul e o Poço Encantado

Sim. Esses dois atrativos são aqueles que vão te trazer a sensação de estar em um cenário de filme. O Poço Azul e o Poço Encantado são dois dos principais pontos turísticos da Chapada Diamantina. 

Poço Azul está em Nova Redenção e o Poço Encantado em Itaeté, distantes de Lençóis a 86 km e 141 km, respectivamente, mas você pode conhecê-los em um só dia!

A melhor época para visitá-los é entre os meses de abril e setembro, período conhecido como “temporada do raio”, já que o sol reflete diretamente na entrada de luz do poço e faz o grande espetáculo acontecer, motivo pelo qual ambos são tão famosos e procurados: a combinação entre a iluminação proporcionada pelo sol e as águas límpidas das cavernas, criam cenários perfeitos para contemplação! Vai por mim: é de encher os olhos!

Na imagem à esquerda, uma mulher em pé dentro de uma caverna rochosa com sua água iluminada pelo raio do sol. Na imagem à direita, uma caverna com águas azuis límpidas também iluminadas pelo sol.
Poço Azul (à esquerda) e Poço Encantado (à direita) com suas águas límpidas e iluminadas pelos raios de sol.

Dicas Vai por Mim: só no Poço Azul você poderá mergulhar, então fique atento a todas as informações e orientações dos guias. 

Paula nos conta que, os meses de junho e julho são os melhores dentre o período da temporada do raio para conhecê-los, não esqueça desta informação!

Continua depois da Publicidade

Renove as energias nas águas da Cachoeira do Buracão

O visual é de impressionar! A trilha que leva até a Cachoeira do Buracão é de fácil acesso e ainda te presenteia com outras tão bonitas quanto. Dentre elas estão a Cachoeira da Orquídea, do Recanto Verde e também a Buracãozinho.

Sempre com seu guia contratado, sigam os 3 km de trilha com dificuldade entre leve e moderada até a beira do Rio Espelhada. Dali em diante, é necessário o uso de colete salva-vidas se você pretende atravessar os cânions e chegar até a queda. Daniel e Paula te garantem: você não vai se arrepender!

Uma cachoeira com enorme queda d'água cercada por formações rochosas até o alto.
A Cachoeira do Buracão é cercada por cânions e possui 85 metros de queda d'água.

Após atravessar  o corredor de pedras, seja a nado ou pela trilha, a chegada é uma recompensa como poucas que você já viu. A majestosa queda de Buracão, do alto dos seus 85 metros, te presenteia com uma das vistas mais incríveis de toda a Chapada Diamantina. Para os aventureiros, nadar até onde conseguir próximo da queda é uma experiência inesquecível. Só não se assuste com a água geladinha! A Paula experimentou esse mergulho refrescante, assista

Para quem deseja ver a queda lá de cima, é só continuar a trilha a partir dali e contemplar a imagem cinematográfica vista pelo alto. Buracão não decepciona!

Dica Vai por Mim: o atrativo fica a cerca de 250 km de Lençóis. Neste caso, é recomendado uma pernoite em uma das outras cidades que são mais próximas da cachoeira, como Igatu, Mucugê e Ibicoara. Seu guia contratado pode te ajudar com a melhor alternativa!

Conheça também:

  • Cachoeira da Fumaça;
  • Cachoeira do Mosquito.

+ Para você que é apaixonado pela natureza, suas belezas e energia revigorante, as cachoeiras de Presidente Figueiredo, AM, precisam entrar em sua lista de lugares para se conhecer no Brasil! 

Uma mulher em pé em uma pedra contempla uma enorme cachoeira cercada por formações rochosas e vegetação nativa
Cachoeira do Mosquito

Relaxe nas piscinas naturais do Rio Roncador e conheça o Pantanal dos Marimbus

Sim, é verdade! A Bahia tem um Pantanal para chamar de seu e ele está bem ali, no meio do Parque Nacional da Chapada Diamantina. Para conhecer, é necessário ir até o distrito de Remanso, a 20 km de Lençóis. No caminho, você vai parar na Comunidade Quilombo do Remanso, Patrimônio Cultural da Bahia, reconhecido pelo Ministério da Cultura

Dali, parte-se em canoas pelas águas do Rio Marimbus com destino ao Mini Pantanal da Chapada Diamantina. Marimbus é o rio que recebe as águas de todos os outros que nascem na chapada. A vegetação ao seu redor e matas nativas são o que lembram o grande Pantanal, e por isso recebeu este nome.

Depois de finalizar o trajeto de canoa, é hora de descer e continuar por uma trilha, que te levará até as tão esperadas piscinas naturais do Rio Roncador. Este é o momento de relaxar e apenas apreciar tudo ao redor, banhando nas águas calmas dos pequenos poços formados pelas pedras. Atrativo mais que aprovado pelo casal Num Pulo!

Vista panorâmica de piscinas naturais que formam poços d'água em rochas cercadas por extensa vegetação nativa com linda paisagem verde ao fundo
As piscinas naturais do Rio Roncador oferecem uma vista magnífica do Mini Pantanal da Chapada Diamantina.

Aventure-se pelos túneis da Gruta da Lapa Doce

São cerca de 42 km de caverna para nenhum apaixonado por turismo de aventura colocar defeito. Um dos atrativos preferidos de Daniel e Paula, a gruta conta com cerca de 850 metros abertos aos visitantes. 

Para chegar até lá, percorrendo uma pequena trilha, não é necessária muita disposição! Depois de dez minutos de caminhada, já com suas lanternas em mãos, os exploradores da gruta podem percorrer seu interior após uma descida de cerca de 70 metros, que exige um pouco mais de cuidado e atenção. 

Chegando ao salão principal, acompanhados pelos guias locais, é hora de se apaixonar pelas formações rochosas de Lapa Doce. São inúmeras obras da natureza, esculpidas em espeleotemas, estalactites e estalagmites ao longo de milhares de anos. 

Distância de Lapa Doce saindo de Lençóis: 31 km.

Uma mulher de costas ilumina as grutas de uma caverna escura revelando belas formações rochosas
A Gruta da Lapa Doce é atração perfeita para os amantes do turismo de aventura.

Aproveite os atrativos da Fazenda Pratinha

A fazenda fica na cidade vizinha de Lençóis, Iraquara, distante cerca de 75 km. Está fora do Parque Nacional da Chapada Diamantina e, ainda assim, é um dos lugares mais procurados para visitas.

Por lá você vai encontrar atividades como tirolesa e passeios de caiaque. Os mais aguardados no entanto são a flutuação na Gruta da Pratinha e a visita à Gruta Azul.

Na flutuação, é possível mergulhar nas águas cristalinas de tons azul-turquesa, nadar no meio dos peixinhos e garantir a foto perfeita da sua viagem!

Pessoas mergulham em uma lagoa de águas azuis transparentes e rasas cercada por vegetação nativa em dia de sol
Vale a pena visitar a Fazenda Pratinha e mergulhar nessas águas transparentes.

Para a visita à Gruta Azul, separe o horário entre às 14h30 e 15h30. É neste momento que a incidência do sol está no seu auge e faz cada segundo do passeio valer a pena! Não perca a oportunidade de registrar esse momento.

Dica Vai por Mim: a melhor época para a visita na Gruta Azul é dos meses de abril a setembro, assim como no Poço Azul e no Poço Encantado.

Continua depois da Publicidade

Apaixone-se pela vista do Morro do Pai Inácio

Um dos principais cartões-postais e você não pode ir embora antes de conhecer! Bem pertinho de Lençóis, cerca de 26 km de distância, é um dos atrativos mais procurados de toda a região. Não é para menos: a vista do Pai Inácio é o que muitos podem descrever como espetacular! 

O meio quilômetro que separa os visitantes do começo da trilha, próxima da BR- 242, até o topo, pode passar levemente despercebido. Aproveite para subir com calma, parar para tirar fotos incríveis da paisagem ao redor, contemplar os já visíveis Morro do Camelo e também o Três Irmãos, e então os vinte minutos de caminhada já terão se passado.

O passeio é procurado com mais frequência ao entardecer, já que o sol pinta suas cores de fim de dia entre as montanhas, cânions e rios, tornando a experiência ainda mais especial. Vai por mim: é um cenário digno das melhores fotos do seu álbum de recordações!

Uma mulher contempla a paisagem de vários cânions cobertos por vegetação nativa com céu azul e dia claro
A paisagem espetacular do Morro do Pai Inácio

Viva a Bahia de todos os jeitos!

O casal Num Pulo ama um destino de aventura, mas não abre mão de dar aquela esticadinha ao litoral sempre que pode! Você também? Tudo bem, nós temos dicas de destinos na Bahia cheios de sombra e água fresca que você não vai querer perder. Vem ver:

+ Caraíva, meu amor! O paraíso existe e fica na Bahia

+ Corumbau, Bahia: um tesouro cheio de surpresas!

Em busca de um companheiro de quatro rodas para te  acompanhar em suas aventuras pelas estradas do Brasil? Vamos te ajudar na escolha do modelo ideal para você! Confira aqui a nossa lista dos melhores carros aventureiros.

E aí, apaixonado pela Chapada Diamantina como nós e o Num Pulo? Aproveite todas as dicas e curta muito cada segundo neste destino paradisíaco.

Boa viagem e nos vemos no próximo destino!

Guia Futurístico

Viva a experiência completa que um destino brasileiro pode oferecer, mergulhando nas atrações, gastronomia e cultura locais.

Comentários

Esse site é protegido por reCAPTCHA. As Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google se aplicam.
Seu comentário será verificado
e poderá ser publicado em breve.
Valu

Lindo demais.

Oportunidades imperdíveis

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao navegar você concorda com nossa política de privacidade. Saiba mais.